Dica de Especialista - Vamos Dançar?!

Hoje o CP, trás um assunto que pouca gente fala e muita gente faz. Afinal, quem nunca dançou na vida? A convidada da vez foi a bailarina de formação: Natália Negreiros, que já percorreu vários estados do Brasil e até outros países em apresentações. Chamamos a especialista, para nos dizer um pouco sobre a importância e as vantagens de cair na dança.

Dançando na Academia

O fato é que, a dança tem sido vista, cada vez mais, como uma alternativa fitness. No mercado a muitos estilos "inovadores" e que prometem verdadeiros milagres aeróbicos. Natália comentou sobre o assunto: "Nada contra! Aliás, sou a favor. Mas também sou a favor da informação e nesses últimos tempos não tenho visto nada totalmente novo. O que vejo são pessoas - de preferencia educadores físicos - resgatando maravilhosas técnicas de dança de salão (como o Zouk, a Zumba, Mambo, Salsa, e etc.) e levando para as academias. E é exatamente essa parte que me chama atenção positivamente. É confortante saber que esses estilos estão sendo divulgados por todo o mundo e voltando para os dias de hoje, e para a rotina daqueles que cuidam bem da saúde. Mesmo que essas tendências sejam passageiras, é interessante que todos possam saber da existência de tantas danças no mundo, e poder conhecê-las um pouco, experimentar dos seus passos e de brinde perder alguns quilinhos. Alguns muitos quilinhos, diga-se de passagem!"

Dançando Além da Academia


Então se você pratica dança na academia ótimo, mas temos de lembrar que, o objetivo da dança vai muito além de perder quilos."Nos dias de hoje, as pessoas se preocupam mais com o corpo do que, há algumas décadas e a tendência é que isso atinja uma maioria com o passar do tempo. Até acho que seja importante se preocupar com a estética, mas que saibamos definir a diferença entre cuidar do corpo e cuidar do culto ao corpo. A dança cuida do corpo em sua forma natural, com saúde, mental e física. As melhorias são notórias, que vão desde a coordenação motora, postura e disciplina até o combate ao estresse. Até poderíamos encaixar dança na frase clichê (porém fundamental): “... é o alimento da alma”, pois dança é arte e arte é a mais fundamental manifestação da cultura. Está inserida em cada um de nós, independente de desenvolvermos as habilidades ou não", diz Natália.

Entenda as Vantagens


"Ainda sim, depois de toda essa oratória sobre arte, cultura, e saúde mental, voltemos ao foco. As danças de academia são realmente experiências muito válidas para quem quer perder peso e melhorar o tônus muscular. Explicando a grosso modo, a execução dos passos trás uma movimentação específica que trabalha vários grupos musculares e executa-los no ritmo da música, faz com que a nossa frequência cardíaca fique aumentada e o gasto calórico seja maior do que, em uma atividade estática. Portanto, se em algum momento você pensou em fazer dança e se sentiu insegura por não saber muito sobre tal modalidade, espero que depois deste artigo se sinta mais encorajada, se jogue na sala e ARRASE! ", afirma a especialista.


Num é que depois de todo esse assunto, deu vontade de cair na pista. E vocês meninas, o que acharam das dicas?



Comentários

  1. Aiii...não sou dada a danças! Sincronia nos meus pés e mãos é quase nula.
    eheheheh

    ResponderExcluir
  2. Adoooro dançar! E agora deu ainda mais vontade...

    ResponderExcluir
  3. Eu danço zumba todos os dias e adoro! Realmente estou perdendo peso, além de me divertir. rsrs

    brunajennyfer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto muito de dançar. As vezes dou por mim a saltitar e a rodopiar com a vassoura na não ou simplesmente com os braços abertos. Tenho por habito ir 2 vezes por mês ao zumba. Não vou mais porque não tenho disponibilidade.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Disqus

Instagram