Consultoria: 6 Perguntas Que Devemos Fazer Para Evitar O Consumismo

Comprar é tão bom, que algumas vezes podemos chegar a sentir euforia quando percebemos que aquela peça ou objeto pode ser nossa. Quem nunca se sentiu um pouco Becky Bloom (do filme "Os Delírios de Consumo de Becky Bloom) na vida, que atire o primeiro cartão de crédito. Porém, nada é pior do que se arrepender depois, olhar no guarda-roupa após as compras e continuar sentindo que não tem nada para vestir. No trabalho de consultoria de moda, o profissional não só ajuda na reforma do guarda-roupa, como auxilia ao cliente a ser mais autodidata, ou seja, criar independência para compor seu próprio estilo sem gastar de maneira desnecessária (não é só uma brincadeirinha de esquadrão da moda). 
Fonte: Google Imagens
Ao começar a ler o livro de Nina Garcia (aquela do Project Runway): "A Estratégia de Estilo", me deparei com questionamentos que já fazem parte da minha vida e das minhas consultórias, por isso, separei no CP as perguntas que devemos fazer antes de sair gastando por ai.  Afinal, estamos em tempos de recessão.





1. Eu já tenho algo parecido com isso?

O erro da repetição é comum. Às vezes, gostar tanto de um estilo, uma cor, uma modelagem ou uma estampa, induz a você comprar coisas parecidas com as que já tem em casa. Para evitar o guarda-roupa da Mônica, deve-se sempre avaliar e questionar o que aquela roupa tem de diferente de outras que já possui. Um guarda-roupa cheio de blusas pretas, por vezes, nos da a impressão de que usamos sempre a mesma combinação.

2. Posso mudar algo que já tenho para ficar parecido com isso?

Entramos no ambiente das customizações. Você ficou louca por aquela calça rasgada, mas lembrou que tem uma calça antiga, que pode sofrer uma reforma e ficar bem parecida? Ou desejou aquela blusa com franjas e lembrou, que tem uma em casa bem parecida, mas sem as franjas? Aqui vale o "faça você mesma", caso não tenha habilidade mande para uma costureira de confiança. Muitas vezes, a solução é mais simples do que pensamos. Por exemplo, aquela saia lápis no fundo do seu guarda-roupa folgada, pode merecer uns ajustes e... Voilá, Apenas concertar, ao invés de gastar com uma nova.  Para isso, é necessário que você conheça bem o que você tem.

3. Onde usarei isso?

Quanto mais lugares você imaginar e mais combinações diferentes, mais pontos para a peça. Nesse ponto os sapatos são ótimos exemplos. Do que adianta comprar aquele sapato pink, que você adorou se ele não combina com suas roupas? Além do mais, você não se sente a vontade para usá-lo em diversas ocasiões. Se não usará, a peça só servirá para entulhar o seu guarda-roupa.

4. Eu realmente preciso disso?

Depois de responder qualquer uma das perguntas anteriores, é necessário refletir se a compra dessa peça vai mudar a sua vida, se ela trará uma nova expressão, variação ou praticidade, não apenas ao seu guarda-roupa, mas no seu dia-a-dia, também. Você precisa desse sutiã rendado por que ele veste bem como nenhum outro que você tem, ou só porque ele está na promoção?

5. O que eu queria antes de sair de casa? 

Esse é o mau de comprar em shoppings, grandes lojas, centro comercias e feiras, fica fácil perder o foco. É claro que você quer esse vestido agora, mas o que você queria antes mesmo? Qual foi o motivo que te levou a sair de casa? Tudo isso conta, principalmente para você avaliar sobre sua vida financeira.

6. Do que vou ter que abrir mão?

Essa é mais voltada para o bolso. O dinheiro que você gastou com essa peça está incluso no orçamento? Se sim, ótimo. Mas se não, é bom procurar saber o que você vai ter que abrir mão por ter gasto essa quantia e, principalmente, se vale a pena. Afinal, nunca é legal deixar de pagar alguma conta, por causa de gastos desnecessários.

*Conteúdo original.

Quem ai vai tentar delirar menos?

Xerim

Comentários

  1. Adorei!!
    Eu me faço essas mesmas perguntas antes de comprar algo!

    Bjs
    www.garotadebotas.com

    ResponderExcluir
  2. Post muuuito produtivo. Adorei
    Ficou ótimo.
    Confesso que nao penso nesses questionamentos e por isso, sou megaa consumistq. Mas vou tentando melhorar. Bjao linda
    Ja te sigo ;)
    www.iamcamilakellen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu realmente preciso disso é a melhor pergunta que devemos fazer. Porque nos faz pensar melhor antes de gastar nosso dinheirinho!

    www.nahboa.com

    ResponderExcluir
  4. Oiee. Gostei muito do post. Vou começar a refletir mais, acho que eu precisava ler alguma coisa assim rsrs

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Disqus

Instagram