Orgulho Rosa

Ei garota, solte esse sorriso no ar, é o que basta para continuar vivendo.  Você não precisa de cabelos ao vento para continuar a jornada, o seu olhar de esperança já torna tudo mais bonito. Uma grande história de sobrevivência está para ser construída, com momentos de queda e de vitórias, cada pequeno passo, cada dia como se fosse o último, mas com esperança que simplesmente seja... Apreciar fez parte da batalha, ser agradecida e apagar o cinza, substituir pelo rosa... azul, verde, roxo, vermelho, amarelo... e todas as cores que te tragam alegria. Todos sabemos que você será mais forte que qualquer guerreiro e mais bonita que qualquer outra. Continue a lutar, seja forte, mas também seja feliz.
***

Não quero falar sobre Outubro e muito menos sobre o rosa. Quero falar sobre prevenção contra o câncer. Quem me acompanha por aqui, sabe da minha história difícil ano passado. Em março minha mãe descobriu que estava com um tumor maligno no fígado, em abril eu larguei tudo para me dedicar a ajudá-la a enfrentar a doença. Reativei o blog em Junho do ano passado para que fosse uma distração para nós, tudo que eu escrevia, pedia para ela ler e ela sempre foi minha maior crítica. Em 23 de dezembro minha mãe faleceu. Você percebe como eu acompanhei de perto, como eu vi o quão é sofrido? Jamais teria a pretensão de dizer que eu senti o que ela sentiu. Porque eu sentia angústia e tristeza por vê-la sofrer com quimioterapias e com o avanço da doença. A cada injeção eu estava lá ao seu lado segurando sua mão, até o ponto de criarmos um pouco dessa dependência de estarmos juntas nesses momentos, automaticamente ela me chamava. Decorei a espessura e cores de todos os gelcos, aprendi a conviver com coisas de hospital, dava meu expediente lá que as vezes chegava a um dia inteiro, saia só para dormir. Porém, as dores... eu não posso dizer qual era o grau, quando era manha, quando era insuportável... morfina, morfina, morfina... e até que ponto tínhamos paleativamente a esperança dentro de nós.

Esse foi um dos lenços que recebemos ano passado como lembrança do Outubro rosa por uma das clínicas, uma ideia para ajudar. E essa é a mãe mais linda do mundo.

Sabe, esse mês não vulgarize a campanha, se quiser post sobre coisas rosas, mas faça o que importa. Vá ao médico se previna, eu não desejo a ninguém passar por tanta luta. Já se preveniu? Faça ações junto as associações da sua cidade. Ano passado em Junho, eu doei meus cabelos. Fiz um mínimo, sem nenhum sacrifício, pois continuei com minhas madeixas curtas estilosas, além de que ajudou a aliviar o calor. Dei para outras uma nova cara, uma nova chance de se sentir bonita. Não tem tamanho para cortar, não quer? Doe dinheiro, o que poder... roupas, lenços de cabelo, visite, converse... Eu estou em débito este ano, de Novembro do ano passado para cá fiquei ansiosa comendo tudo que via pela frente, larguei a academia e perdi muitos amigos, que estavam vivendo suas vidas, saindo para festas, quando eu estava me dedicando a outra pessoa. Não estou falando com arrependimento, mas para vocês verem como pode ser a vida social de quem passa por esses tipos de situações. Me sinto um pouco isolada e desleixada, mas estou assumindo o compromisso com vocês leitoras de que vou me cuidar e mostrar todos os resultados para vocês. Não estou falando de virar um blog de fitness ou dietas. Falo de exames mostrar tudo que for relacionado a prevenção do câncer de mama e outros. Nunca se é jovem demais, quantas jovens estou vendo adquirir essa doença, pessoas saudáveis e de repente...

A transformação do ano passado. É importante avisar ao cabeleireiro para prender com a liga.

Se eu inspirar pelo menos uma de vocês a se prevenir, já valeu.


Xero.

Comentários

  1. É muito importante estar informada e fazer o rastreio em casa! E ao minímo sinal de alerta consultar um médico!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. mt legal o post, nao basta apenas postar cosmeticos rosas, devemos ir ao medico e de fato nos prevenir

    www.tofucolorido.blogspot.com
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o post!

    http://www.brazilianvogue.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Aaaa, adorei o post. So falou verdades! O que vai mesmo ser essencial é se prevenir. Até porque apenas teorias, nao levam ninguem a lugar nenhum. Nao adianta falar, postat, blogar e nao tomar uma atitude. Beiji
    www.iamcamilakellen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que barra que você passou com ela hein? Não desejo isso pra ninguém. Você tem toda a razão! Falou tudo! Atitude é essencial!

    www.fashionworldbykaren.com
    Instagram: www.instagram.com/fashionworldbykaren
    Facebook: www.facebook.com/fandbworld

    ResponderExcluir
  6. Concordo com o que você disse no post e admiro a sua força :)
    Muito mais do que falar devemos nos prevenir!

    Páginas em Preto

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Bem legal o seu post. O importante é se prevenir e ver se estamos bem indo ao médico. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  8. Nossa, que linda sua mãe. Karlinha, você foi e está sendo muito forte. Nem consigo imaginar o que passou...

    Sua atitude foi DIGNA, o melhor conselho é esse. Levar a sério e procurar prevenir mesmo.

    Beijos, Fernanda.
    mudeimodei.com.br

    ResponderExcluir
  9. Gente eu sinto muito pela sua mãe, não gosto nem de pensar sobre esse assunto porque ela é tudo pra mim. lindo seu gesto de cortar os cabelos e vc ficou linda de qualquer jeito. Boa sorte na sua nova face. Beijos

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Estou vivendo de perto uma situação relacionada ao câncer. Não com minha mãe, mas com alguém que sinto como se fosse. Apesar de ter vindo de forma branda (graças a Deus) e termos descoberto bem no início, tudo foi um grande choque. Não faz muito tempo, mas já passamos pela (se Deus quiser e os exames derem todos bons) quarta e última sessão de quimio, e percebo que tudo vivido é muito apreensivo, as expectativas de que tudo corra muito bem e que tenhamos um feliz para sempre. O caso dela foi no pulmão. Não tem nenhum histórico na família e não era fumante nem passiva, mas aconteceu. É como os médico sempre dizem, o câncer é como um raio, pode cair em qualquer lugar, Esse acabou se tornando o terceiro caso de câncer que acompanhei com pessoas muito próximas e amadas, infelizmente um deles, uma linda menina de 15 anos, venceu a batalha travada com todas as forças por nós e por ela. Ela era só uma criança. Mas Deus bem sabe de todas as coisas.
    Sinto muitíssimo pela sua mãe, duplamente até. Por ter sido da forma que foi, e por ter sido com sua mãe. Perder mães deveria ser algo que deveríamos vir aprendendo ao longo da vida, afinal perdemos um pouco todos os dias, mas o grande baque, aquele grande momento... nunca estaremos preparados para ele.
    Temos mesmo que nos prevenir, aproveitar as inúmeras campanhas, exames e médicos que estão esperando por nós, porque achar que essas coisas só acontece na casa do vizinho deixou de ser uma opção há "séculos seculores".
    Parabéns pelas palavras, e mais uma vez pelo blog.

    ;**

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Disqus

Instagram